CEAPortlet

Centro de Educação Ambiental

Avarias

Avarias

gestprocessosonline.JPG

GestProcessos Online

 

Atendimento on-line

Balcão Virtual

Esposende assinalou o Dia Nacional dos Jardins, que se comemorou ontem, 25 de maio, pela primeira vez, por Resolução da Assembleia da República, de 2022.

A efeméride foi instituída para homenagear o arquiteto paisagista Gonçalo Ribeiro Telles, que nasceu nesta data em 1922 em Lisboa, tendo falecido em novembro de 2020. Figura pioneira na arquitetura paisagista em Portugal, foi um ambientalista visionário, com a preocupação de proteger o ambiente, criando vários instrumentos de ordenamento do território, na defesa da paisagem e na promoção da qualidade de vida dos cidadãos.

Este dia pretende celebrar a importância e a vivência dos espaços verdes, bem como o legado de Gonçalo Ribeiro Telles na proteção do ambiente, na defesa da paisagem e na promoção da qualidade de vida dos cidadãos, através de ações tendentes a fomentar o conhecimento e a proteção da biodiversidade, a sensibilizar sobre a necessidade de preservação dos espaços verdes, a assegurar a arborização e renaturalização e a realização de cadastros verdes nas escolas.

De modo a assinalar o dia e sensibilizar para estes valores, a empresa municipal Esposende Ambiente, em parceria com a Esposende 2000, organizou uma atividade de lazer ao ar livre, no jardim da Zona Ribeirinha de Esposende, que contou com a participação do Centro Infantil A Gaivota, e promoveu atividades e ateliers, no Centro de Educação Ambiental e no Horto Municipal, durante todo o dia, para as crianças do Jardim de Infância e utentes do Centro de Dia da JUM - Juventude Unida de Marinhas.

Com esta iniciativa Esposende dá um contributo superior para o cumprimento global dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, nomeadamente no que concerne a proteger, restaurar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, travar e reverter a degradação dos solos e travar a perda de biodiversidade.

Refira-se que concelho de Esposende é dotado de cerca de 180 mil metros quadrados de espaços verdes, sendo que aproximadamente 70 mil correspondem à zona urbana de Esposende. Para além das 1.200 árvores inseridas nos espaços verdes, cerca de 6.000 árvores encontram-se distribuídas em caldeiras nos arruamentos.

Os espaços verdes urbanos surgem como componentes indispensáveis na qualidade de vida dos cidadãos e do ambiente. Associam-se aos benefícios climáticos e ambientais que a vegetação proporciona, efeitos positivos na vida humana, nomeadamente a nível psicológico, educativo, funcional, estético, cultural e desportivo. Os jardins ajudam a promover uma vida ativa, a saúde e o bem-estar, sendo uma cidade tanto mais agradável quanto mais próxima for a relação dos seus habitantes com espaços verdes existentes. 

Atendimento
   
Leituras
Leituras
   
CoGestão do PNLN
   
Biorresíduos
   
A sua opinião é importante
imagemPortlet copy.png
   
Recrutamento
   
CEA em Blog
imagemPortlet
Desafios
dia a dia
Desafio dia a dia
   
Qualidade da água
   
Linha da Reciclagem
   
Faturação
Eletrónica
   
Praias
   
QUIZ da Água
   
SUMAKids
   
TransFORMAR
   
E-MOVE
   
Empreitadas
   
E|Ribeiras