CEAPortlet

Centro de Educação Ambiental

Avarias

Avarias

gestprocessosonline.JPG

GestProcessos Online

 

Atendimento on-line

Balcão Virtual

É francamente positivo o balanço do período de implementação de incentivo aos polinizadores que o Município e a empresa municipal Esposende Ambiente implementaram, pelo segundo ano consecutivo, dando seguimento às orientações da ONU.

A medida passa por, durante a estação da primavera, preservar espaços públicos do concelho, tanto na cidade como nas freguesias, com prado florido por cortar, no sentido de aumentar a área de alimentação disponível para os insetos polinizadores. Trata-se, efetivamente, de um importante contributo, a par de outras pequenas ações que têm vindo a ser desenvolvidas, para auxiliar estes insetos tão importantes para a humanidade, em linha com as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU.

A medida tem sido bem acolhida pela população, que vai mostrando mais condescendência e uma maior tolerância à coexistência com a biodiversidade, reflexo também da estratégia de sensibilização que tem vindo a ser promovida conjuntamente pelo Município e Esposende Ambiente. Regista-se, portanto, uma reação positiva à promoção de prados floridos, que, à questão estética, tem associado o benefício de auxiliar os polinizadores. Neste contexto, há, pois, intenção de manter e, eventualmente, alargar o alcance desta medida, no futuro.

Em Portugal existem mais de 1000 espécies de insetos polinizadores, entre abelhas, abelhões, vespas, borboletas, escaravelhos entre outros. Os polinizadores incluem animais de grupos diversos, embora a grande maioria pertença ao grupo dos insetos, sendo essenciais na cadeia alimentar, já que são polinizadores de culturas e flores silvestres, controladores de pragas e servem de alimento a outros animais (incluindo aves, morcegos, peixes, anfíbios e répteis). Cerca de 80% das plantas cultivadas depende da polinização natural realizada por estas espécies, as quais se encontram ameaçadas pela perda do seu habitat, principalmente devido à agricultura intensiva (e consequente intensificação no uso de agroquímicos), às espécies exóticas invasoras e às alterações climáticas.

De notar que a existência de polinizadores é condição necessária para a existência de espaços verdes e ecossistemas urbanos saudáveis e resilientes, podendo as zonas urbanas constituir um refúgio importante para muitos polinizadores, fornecendo locais de alimentação e reprodução.

Atendimento
   
Leituras
Leituras
   
CoGestão do PNLN
   
Biorresíduos
   
A sua opinião é importante
imagemPortlet copy.png
   
Recrutamento
   
CEA em Blog
imagemPortlet
Desafios
dia a dia
Desafio dia a dia
   
Qualidade da água
   
Linha da Reciclagem
   
Faturação
Eletrónica
   
Praias
   
QUIZ da Água
   
SUMAKids
   
TransFORMAR
   
E-MOVE
   
Empreitadas
   
E|Ribeiras